Como criar uma senha forte?

Como criar uma senha forte?

Engana-se quem acha que usar uma data especial, o número do CPF ou uma junção de “dias de nascimento” de várias pessoas está tendo uma senha forte. Em dias de alto desenvolvimento da tecnologia e com uma quantidade cada vez maior de pessoas mal intencionadas na internet, criar uma senha forte envolve muito mais cuidado do que você tinha que se preocupar quando a única senha que precisava decorar era a do caixa eletrônico.

A grande diferença nos dias de hoje, é que, ao contrário do caixa eletrônico, na internet (e-mail, bancos, redes sociais, etc) existe a possibilidade de se utilizar programas que poderão “pescar” tua senha ou ainda tentar encontrá-la por algo que chamamos de “força bruta”. Até mesmo palavras reais, que existam, por exemplo, em qualquer língua (e que estão, por tanto, em um dicionário) são palavras fracas do ponto de vista técnico e podem ser descobertas com relativa facilidade.

Força Bruta – É uma forma bastante comum de tentar encontrar uma senha. Consiste em rodar um programa que teste todas as senhas possíveis, muito provavelmente em sequência. Por exemplo, o programa irá testar se tua senha é “1”. Caso não seja, ele vai tentar a próxima sequência, “2”, e assim sucessivamente. Caso tua senha seja algo do tipo 220943, você concorda comigo que, mais cedo ou mais tarde o programa vai conseguir descobrir tua senha, não importa o que 22/09/43 signifique, não é mesmo?

E como podemos impedir isto?

Impedir, definitivamente, é algo praticamente impossível de acontecer. Mesmo os melhores algoritmos de criptografia mais cedo ou mais tarde acabam sendo quebrados. A questão é: como podemos dificultar ao máximo que isso aconteça?

Pense no exemplo acima. Se, no mínimo, você adicionar uma letra à tua senha, um programa que tente encontrar uma senha numérica já vai ter bastante dificuldade em quebrá-la por força bruta, concorda? Imagine que tua senha passe a ser 2209a43. O suposto programa teria que tentar várias combinações incluindo números e letras.

E se você adicionar agora uma letra maiúscula e uma minúscula à tua senha numérica? A dificuldade aumenta ainda mais e tua senha fica ainda mais segura, tornando o trabalho de quebrá-la muito maior.

Boas práticas na criação de uma senha

Uma senha dita forte, deve conter no mínimo um dos itens abaixo:

  1. Letras minúsculas
  2. Letras maiúsculas
  3. Números
  4. Caracteres especiais ($, #, !, etc).
  5. Ter, o máximo possível de caracteres, desde que não torne difícil a digitação (manter uma senha com 30 caracteres não faz sentido! ;))

A utilização de várias combinações irá dificultar que um programa que tente quebrar a senha por força bruta demore muito mais tempo. Dependendo do caso, levaria centenas de anos até conseguir testar todas as combinações!

Como gerar senhas fáceis de lembrar porém mais difíceis de serem descobertas

Uma preocupação adicional é que, além de criar senhas seguras, você deve manter senhas diferentes para cada site que você acessa. A tua senha do e-mail deve ser diferente da senha do Facebook, que deve ser diferente do site do teu banco. Assim, se alguém conseguir descobrir uma das senhas, não conseguirá entrar em todos os sites que você acessa.

O grande problema hoje em dia é a quantidade de sites diferentes que temos que acessar. Uma pessoa regular que usa a internet diariamente, acessa vários sites, entre eles a conta de e-mail pessoal e a do trabalho, redes sociais, sites de fóruns ou de notícias etc, e com certeza encontra dificuldades de lembrar a senha de cada um.

A algum tempo uso uma técnica que tem me ajudado bastante a manter senhas diferentes em cada site que acesso e ainda assim não ser tão difícil que eu não consiga lembrar.

  1. Defina uma palavra-chave somente tua, a ser repetida em todas as senhas. Neste exemplo, vou usar a palavra “casa”. Quanto mais guardada esta palavra for, melhor para você pois irá garantir uma maior segurança na sua senha.
  2. Crie uma técnica de, para cada site, montar palavras que sejam fáceis de lembrar, para serem utilizadas como palavra complementar. Por exemplo, você pode usar as quatro primeiras letras do site que está acessando. Assim sendo, se você está acessando o Facebook, a palavra complementar seria “face”. Se estivesse acessando o e-mail do gmail, a palavra complementar poderia ser “gmai”.
  3. Junte as duas palavras. No caso do facebook, a senha seria “casaface”. No caso do Gmail, seria “casagmai”.
  4. “Codifique” esta palavra com uma técnica para envolver números. Eu gosto de substituir “a” por “4” (quatro), “e” por “3” (três), “i” por “1” (um), “o” por “0” (zero). Esta é a minha fórmula que você pode modificar à vontade e criar a sua própria. Deve ser algo que você consiga lembrar sempre. Neste caso, as senhas anteriores ficariam algo do tipo “c4s4f4c3” e “c4s4gm41”.
  5. Escolha uma ou mais  letras para serem sempre maiúsculas. Pode ser, por exemplo, a terceira letra da senha. Em todas as suas senhas, lembre-se de sempre teclar esta letra maiúscula. Atualizando nossas senhas, se eu optar por colocar a terceira letra em maiúscula, nossas senhas ficariam “c4S4f4c3” e “c4S4gm41”.
  6. Adicione alguns caracteres especiais antes ou depois da senha (ou no meio, se desejar). Poderíamos, por exemplo, adicionar um “$” antes e depois da senha. Nossas senhas ficariam assim: “$c4S4f4c3$” e “$c4S4gm41$”.

“$c4S4f4c3$”, “$c4S4gm41$”

Olhe rapidamente as senhas geradas. À primeira vista, são senhas bem difíceis de lembrar. Mas se você decorou sua “fórmula”, quando bater o olho na tela de login do Facebook ou do Gmail vai lembrar rapidinho de como tua senha é formada e vai poder garantir, com mais tranquilidade, que, se alguém tentar descobrir, vai ter que trabalhar muito para conseguir! O importante é sempre seguir o mesmo procedimento para cada nova senha que você criar. Já aconteceu comigo de, por não estar prestando atenção na hora de criar a senha, esquecer, por exemplo, de colocar a letra maiúscula. E depois sofrer muito tentando lembrar qual foi a senha que eu coloquei.

Um caso real

Caso você imagine que é trabalho demais criar uma senha difícil, provavelmente nunca teve um caso em que uma senha foi descoberta por uma pessoa com más intenções.

A título de exemplo, exibo abaixo um vídeo do Whindersson Nunes, conhecido comediante que tem um canal do Youtube, que conta a sua história, quando perdeu todos os vídeos que havia enviado para o seu canal por alguém que descobriu sua senha.

Agradecimento

Agradeço ao amigo Elizeu Barros que, a alguns anos atrás, me deu algumas das dicas que hoje utilizo nesta “fórmula” para criação de senhas. Obrigado, brother!

Espero que esta dica possa te ajudar a criar senhas melhores e mais seguras. Caso você tenha outras técnicas que deseje compartilhar, utilize os comentários abaixo!

Muito obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


2 − um =